Título: Este ritual Balinês baseia-se no... Silêncio

Talvez seja por causa da aventura emergente, mas parece que mais e mais viajantes estão a descobrir a ilha indonésia de Bali. Pode perguntar às pessoas à sua volta se isto não é verdade; vai encontrar alguém que foi lá (ou está a planear ir). Talvez ainda não saibam sobre o Nyepi. Este feriado especial Hindu que se baseia em desacelerar e encontrar a paz ...

Normalmente, as ruas de Bali estão cheias de habitantes locais e turistas, mas no Nyepi – O Dia do Silêncio - ninguém tem permissão para sair. Ficam em casa com a família, enquanto os turistas são obrigados a ficar nos seus hotéis e resorts. Para dar um exemplo de quão sério os habitantes locais levam este feriado: o pessoal médico só sai para emergências, como um parto.

 

 

Um dia de silêncio total - parece estranho, não é? No entanto, Nyepi é muito mais do que ficar quieto: para o povo hindi de Bali, também é um dia para jejum e meditação. A auto-reflexão é uma parte importante do feriado, e é por isso que tudo o que o distrai de se concentrar em si (o uso de televisão, rádio, telefones e eletricidade em geral, por exemplo) é proibido neste dia. Não há entretenimento, e algumas famílias nem sequer dizem uma palavra o dia inteiro. O único aeroporto de Bali está completamente fechado, por isso não pode sair da ilha - ou entrar, também. Por outras palavras: completa e absoluta tranquilidade.

Como o Nyepi é a maneira dos hindi celebrarem o novo ano, também há uma véspera de Ano Novo, é claro. Na construção deste dia, os balineses estão ocupados com a fabricação dos chamados ogoh-ogohs: estátuas enormes e demoníacas de bambu (pintado), papel machado e isopor que simbolizam os espíritos maléficos que estão a ser conduzidos para fora da ilha. Na noite anterior ao Nyepi, estas estátuas são levadas pelas ruas e depois queimadas. A partir desse momento, o povo de Bali é libertado de todas as forças do mal do ano passado.

Ao vivermos numa sociedade em que estamos conectados 24 horas por dia, 7 dias por semana, é quase impensável ter um momento - muito menos um dia inteiro - de paz e silêncio total. É por isso que os balineses estão a fazer um trabalho tão bom a celebrar o Nyepi: libertam-se da agitação de todos os dias, e são capazes de viver com mais intenção e significado.

Acreditamos que, anualmente, todos nós devemos celebrar um dia como este. Pela simples razão de que o verdadeiro silêncio e a paz só podem ser experimentados enquanto estamos quietos, literalmente.