Cuidados de rosto naturais: porquê optar por eles

Os cuidados de rosto naturais são a melhor opção? Ajudamo-lo(a) a encontrar o melhor caminho para si.

 

Todos nós, em conjunto, como consumidores, estamos a adotar cada vez mais produtos de beleza naturais, estamos a ser mais conscientes acerca do que aplicamos na nossa pele e do efeito que os produtos que utilizamos têm no planeta. “Queremos saber os ingredientes que o nosso corpo consome, mas também os que aplicamos na nossa pele. As tendências alimentares e de bem-estar estão a chegar ao mundo dos cuidados de rosto, pois, como todos sabemos, a mente, o intestino e a pele estão interligados”, explica Megan Felton, cofundadora da consultora de cuidados de rosto especializados Lion/ne.

 

O segredo para confiar nas suas escolhas de cuidados de rosto naturais

Tenha em conta que nem todos os ingredientes sintéticos são maus, nem todos os ingredientes naturais são bons. Afinal de contas, a hera venenosa é natural. Mas a precaução nunca é demais quando se trata de componentes sintéticos, sobretudo tendo em conta que em média, uma mulher aplica 168 químicos diariamente. Optar por cuidados de rosto naturais formulados por especialistas vai garantir que obtém excelentes resultados, ao mesmo tempo que estará a cuidar da sua saúde e do ambiente. Ao passar para os produtos naturais, é melhor optar por marcas de cosméticos naturais reconhecidas, que combinem a natureza e a ciência. Como dizemos na Rituals, “tentamos utilizar o maior número de ingredientes naturais possível e para as propriedades que a natureza não nos pode proporcionar - ou nos casos em que são melhores a nível ambiental - utilizamos alternativas fabricadas em laboratório.”

 

Como encontrar os ingredientes naturais indicados para si

“A primeira pergunta que se deve fazer ao passar para os produtos mais naturais e amigos do ambiente é: porque é que estou a fazer isto? Se é por uma questão ambiental, então, sim, faz sentido”, diz Ksenia Selivanova, cofundadora da Lion/ne. “Se acredita que os produtos naturais vão ser mais nutritivos ou seguros, talvez essa mudança seja um pouco mais complicada.” A questão é que há muitos ingredientes de cuidados de rosto sintéticos que são extraordinários e seguros e o mesmo acontece com o naturais. O segredo é compreender do que é que a pele gosta, o que exige fazer um exercício de tentativa e erro. “Tem de saber exatamente o tipo de pele que tem, evitar potenciais irritantes e escolher ingredientes de forma inteligente, já que alguns podem ser demasiado agressivos para a sua pele!”, diz Selivanova.

 

“Muitas marcas de cuidados de rosto naturais que se anunciam como naturais concentram-se nos antioxidantes (vitamina C e E, chá verde) Estes são os melhores ingredientes para combater os danos provocados pelos radicais livres, que podem conduzir ao envelhecimento prematuro e danificar a pele. Portanto, desde que a sua pele tolere um produto (experimente sempre numa pequena zona, se tiver a pele sensível), a curto prazo pode notar a pele mais luminosa e uniforme e a longo prazo vai ver os sinais da idade reduzidos.”

 

E lembre-se: “a pele é altamente influenciada pelo seu estilo de vida; portanto, ao passar a utilizar produtos mais naturais, talvez deva adotar um estilo de vida mais saudável em termos globais, fazendo mais exercício, praticando uma dieta mais saudável e controlando os níveis de stress. A radiância que verá será um reflexo de tudo isto em conjunto!”, afirma Felton.

 

Quer comprar produtos naturais? Aqui fica aquilo que deve fazer:

  • Investigue acerca dos cosméticos naturais. Os ingredientes, fórmulas e embalagens dos cuidados de rosto naturais são um tema em voga neste momento, pelo que há muitos artigos que pode ler antes de começar a comprar. Afinal, está a dar um voto de confiança de cada vez que compra um produto.

 

  • Pense no que é importante para si: preocupa-se com o planeta? Nesse caso, procure marcas que estejam a tentar reduzir a pegada de carbono, que sejam sustentáveis, que reduzam as embalagens desnecessárias ou que se esforcem por criar opções recicláveis e recargas.

 

  • Como dissemos, nem todos os ingredientes sintéticos são prejudiciais, mas alguns é melhor evitá-los, como os parabenos, ftalatos, metilisotiazolinona (MIT), lauril sulfato de sódio (SLS) e microplásticos. O motivo para tal deve-se ao facto de alguns não serem bons para a pele, como o SLS, que pode secá-la. Outros são nocivos para o ambiente, como os microplásticos, responsáveis por enormes problemas para a vida marinha.