Como criar a rotina de cuidados de rosto perfeita para si

Deixe-nos ajudá-lo(a) a criar a rotina ideal de cuidados de rosto e a saber combinar os produtos de uma vez por todas.

 

O segredo para uma pele feliz e saudável é criar uma rotina de cuidados de rosto simples, eficaz e que seja facilmente adaptada. Embora todos tenhamos nascido com um tipo de pele determinado pela genética, este pode ser afetado por diversos fatores, como o stress, o estilo de vida e as hormonas. “Há quatro tipos primários de pele: normal, seca, oleosa e mista”, diz Ksenia Selivanova, cofundadora da consultora de cuidados de rosto especializados Lion/ne. “Depois há os tipos secundários de pele: sensível, desidratada, madura, acne, rosácea e danificada pelo sol.”

 

Não tem de adotar uma rotina complexa de 12 passos, inspirada nos rituais coreanos, para ter uma pele fantástica, mas precisa de traçar uma estratégia dependendo do comportamento da sua pele. Pense um momento sobre o seu tipo primário de pele e sobre quais serão as suas preocupações secundárias, aí terá a base para encontrar os produtos de que necessita. E lembre-se: “a sua rotina matinal deve concentrar-se na proteção, enquanto à noite o objetivo deve ser nutrir e estimular a pele”, diz Megan Felton, cofundadora da Lion/ne.

 

 

A sua rotina de cuidados de rosto diária

Uma rotina essencial varia ligeiramente dependendo do tipo de pele e das preocupações que se tem, mas essencialmente deveria consistir em 3 passos; limpeza de manhã e à noite, um produto de tratamento, como um tónico ou sérum que pode ser utilizado de manhã e/ou à noite e um hidratante. As rotinas de cuidados de rosto mais avançadas demoram mais, dando à sua pele um cuidado mais direcionado às suas necessidades.

 

  1. Produto de limpeza
  2. Tónico
  3. Booster
  4. Sérum
  5. Creme de olhos
  6. Creme de dia
  7. SPF

À noite, aplique um creme/óleo de noite nos passos 6 (em vez do creme de dia) e 7 (em vez do SPF).

 

 

Descrição da rotina por ordem e segundo o tipo de pele

Descubra os produtos ideais para si e saiba a ordem na qual aplicá-los! “Uma boa forma de se lembrar como combinar os seus produtos é começar pelos de textura mais ligeira e à base de água, como o tónico e a essência, seguidos dos produtos mais espessos e à base de óleo. E deve sempre terminar com o seu SPF, de manhã”, diz Felton. “Dito isto, os produtos mais ativos devem ser aplicados antes do óleo ou hidratante, mesmo que sejam um pouco mais espessos. Assim, vai garantir que a sua pele está a absorver os ingredientes mais ativos primeiro”. 

 

 

Para cada categoria, deve ter a certeza de que está a escolher um produto adequado para o seu tipo de pele. Vamos ver, na ordem na qual vai aplicá-los:

 

Quando se trata de limpeza , as peles mais secas precisam de um leite nutritivo ou de um produto à base de óleo. As peles oleosas/mistas podem utilizar produtos de limpeza à base de óleo, uma vez que eliminam bem o sebo, mas não se esqueça de fazer uma limpeza dupla à noite, para que os poros não fiquem obstruídos. A água micelar, por outro lado, é adequada para todos os tipos de pele.

 

Os tónicos utilizam-se depois da limpeza e servem para eliminar as impurezas persistentes, conferir mais nutrientes, equilibrar a sua pele e ajudar a que os produtos seguintes no seu regime sejam mais bem absorvidos. Os tónicos sem álcool são uma excelente opção para todos os tipos de pele, vão acalmar e hidratar a pele seca e eliminar o excesso de sebo da pele oleosa e mista.

 

 

O que fazem os boosters é estimular a pele! Contêm um mistura específica de ingredientes, com apenas um ingrediente ativo numa concentração mais elevada do que nos produtos como hidratantes ou séruns, proporcionando o que o seu tipo de pele necessita. Podem ajudar a reidratar, preencher e revitalizar a um nível mais profundo. Como os tónicos e os boosters são mais ligeiros do que os séruns, devem ser aplicados antes. Não precisa de os utilizar diariamente, mas pode introduzi-los na sua rotina quando a sua pele precisar de cuidado extra.

 

Os séruns têm normalmente um elevado teor de ingredientes ativos e antioxidantes poderosos e a sua textura mais ligeira permite que sejam absorvidos mais profundamente pela pele, para que possam atuar onde são realmente necessários. São normalmente aplicados antes do hidratante para ajudar a reter a hidratação e são adequados para todos os tipos de pele.

 

Quer o seu creme de olhos tenha uma textura parecida a um sérum ou seja mais rico, o ideal é que o aplique com o dedo anelar antes do óleo/hidratante. Como a pele do contorno dos olhos é mais sensível, exige um cuidado especializado, como um com uma maior concentração de ingredientes ativos. Se as suas maiores preocupações nas pálpebras inferiores são as rugas, o inchaço, a hiperpigmentação ou as olheiras, há muitos cremes de olhos que podem ajudar.

 

 

Tanto os óleos como os cremes de dia ou de noite nutrem a pele e retêm os ingredientes ativos, portanto escolha de acordo com as suas preferências pessoais. Se tiver a pele muito seca, talvez possa considerar utilizar ambos, enquanto as pessoas com a pele oleosa e com tendência para ter imperfeições devem pôr de parte o óleo. Um hidratante à base de água não se mistura com o óleo, portanto o ideal é aplicar o seu óleo nas zonas mais secas depois de aplicar o creme (se utilizar). Caso contrário, mime a sua pele com uma massagem com o óleo, se não o combinar com outro produto.

 

Tente incluir máscaras e esfoliantes na sua rotina duas vezes por semana. Se fizer uma esfoliação antes, os efeitos da máscara de rosto serão ainda melhores.  

Tem mais alguma pergunta? Não se preocupe! Respondemos às 15 perguntas mais frequentes, aqui.

 

Amy Lawrenson

Amy Lawrenson

Amy Lawrenson é editora de beleza do Reino Unido, com mais de 13 anos de experiência a escrever para revistas e sites, incluindo ELLE, Grazia, Women's Health e Byrdie. Ela tem um grande interesse em todas as coisas sobre beleza e bem-estar, especialmente cuidados de rosto porque quem não quer uma pele radiante?