De vasos de plantas a caixas de fotos: ideias para reutilizar os produtos Rituals usados

Quando se fecha uma porta, abre-se uma janela e quando o produto chega ao fim, dá-se asas à criatividade. Aqui ficam oito formas de reutilizar os seus produtos Rituals

 

Quando se trata de fazer compras, todos tentamos ser mais sustentáveis. Nunca foi tão importante reduzir, reutilizar e reciclar os nossos produtos. Como marca, assumimos o compromisso de fazer com que o maior número possível dos nossos produtos seja recarregável, portanto reutilizá-los dessa forma é fácil. Mas quando não é possível recarregar as embalagens vazias, está na altura de lhes dar uma nova vida. Reaproveitar não tem de significar estofar uma cadeira vintage, pode ser tão fácil como dar um novo uso ao seu frasco de perfume vazio. Prepare-se para melhorar os seus pontos na caderneta da ecologia! Aqui ficam oito soluções inteligentes para dar uma nova vida aos seus produtos Rituals já terminados.  

Recipiente para bugigangas 

Todos temos aquele sítio em casa que parece acumular objetos aleatórios. Desde anéis a moedas, guarde-os de forma segura (e elegante) num boião de creme de The Ritual of Namaste.

 

Vasos para suculentas 

Dê uma casa bonita às suas plantas colocando-as no recipiente de vela vazio. Para eliminar a cera, encha-o com água quente e raspe a cera. Dica extra: As suculentas desenvolvem-se bem num solo bem drenado, portanto adicione pedrinhas no fundo do recipiente. 

 

Jarras 

Independentemente do quão bonito é o seu ramo, há sempre algumas flores que vivem mais do que as outras. Em vez de as deitar todas fora, deixe-nos apresentar-lhe a jarra de flores. É a forma ideal de dar um toque floral à sua mesinha de cabeceira, à lareira ou à mesa de jantar. Os nossos eau de parfum podem desmontar-se completamente, o que significa que pode retirar facilmente a parte superior, encher com água e introduzir a sua flor.

 

Os nossos frascos de sticks perfumadores já são recarregáveis, mas se lhe faltar uma jarra entre recarga e recarga, são uma boa solução. Os recipientes de diferentes tamanhos permitem-lhe ter bouquets grandes e pequenos.  

Organizadores de gavetas 

Não precisa de ir ao Ikea, talvez tenha divisórias de gavetas sem sequer saber. Desde a gaveta das meias, à secretária ou à mesinha de cabeceira, coloque caixas de coffrets e desfrute da organização no seu melhor.

 

Recipiente para ervas aromáticas 

Todos os amantes de culinária precisam de ervas aromáticas prontas para serem utilizadas num caril (ou num mojito). Replante a menta, o manjericão e a salsa no recipiente da vela e dê-lhes uma vida feliz. Tal como as suculentas, é importante drenar a terra. Dica top: a maior parte das ervas aromáticas estão sobrelotadas, dividi-las em duas a quatro plantas em nova terra vai dar-lhes mais espaço para crescer. 

 

Frasco para vaporizar as plantas 

Falando de plantas, mantenha a sua flora viçosa vaporizando as suas folhas. Quando o seu perfume de casa acabar, encha o frasco e vaporize. Dica extra: isto também é muito prático quando passa a ferro! 

 

Recipiente para utensílios de cozinha 

Quer vá fazer um bolo ou uma sessão tardia de karaoke, dá sempre jeito ter as colheres de pau à mão. Crie a cozinha dos seus sonhos organizando os seus utensílios num frasco elegante (o recipiente da vela vazio).  

 

Organizadores para mala de viagem 

Diga adeus a uma mala desarrumada. A nossa roupa de cama vem em práticos sacos com cordão, ideais para reutilizar como organizadores para mala de viagem. Uma para os biquínis, uma para as meias, uma para os sapatos… Já percebeu como funciona! 

 

Tem mais ideias? Adorávamos ouvi-las! Envie-nos uma mensagem no Instagra@Ritualscosmetics.

Jessy Deans

Jessy Deans

Jessy Deans é uma copywriter com uma forte preferência por histórias que façam pensar, viagens e qualquer coisa coberta de chocolate branco. Com experiência em trabalhar na agitada indústria da televisão, ela aprendeu sobre a importância dos cuidados pessoais e do repouso e acredita que as velas nunca são demasiadas. Ela é apaixonada e comprometida com a sua busca ao longo da vida pela refeição perfeita e subscreve a doutrina que diz que “se não gostares de ti, como vais gostar de outras pessoas?” (Ru Paul).