Crie um refúgio invernoso acolhedor com os nossos truques de decoração sustentáveis

Crie um design interior que seja reconfortante para a sua alma e bom para o planeta com as nossas melhores dicas de slow decorating este inverno

“Ecológico”, “sustentável” e “opção verde” são termos populares que inundam os nossos feeds das redes sociais, mas como é que isso se traduz ao nível da decoração da nossa casa? Este mês, vamos focar-nos em criar uma casa acolhedora ao mesmo tempo que cuidamos do planeta com a ajuda da designer de interiores Jessica van Aken, fundadora do Studio van Aken. Desde combinar tecidos agradáveis, reutilizar artigos antigos ou dar um toque de cor às suas paredes, temos tudo aquilo de que necessita para transformar a sua casa no lugar sustentável perfeito para relaxar, aninhar-se e receber os meses de inverno que aí vêm. 

 

Promova o seu sistema ecológico plantando de forma estratégica

As plantas não servem apenas de decoração ou para dar asas ao seu gosto pela horticultura, também podem funcionar como dispositivos decorativos para reduzir os níveis de formaldeído, benzeno, monóxido de carbono e amoníaco no ar. Os fetos são especialmente bons para reduzir os químicos indesejados no ar, assim como a planta do café e a estrelícia. Se a sua casa não tem muita luz e está a iniciar-se no cuidado das plantas, uma suculenta, flor-de-cera ou clorofito pode ser a melhor opção para si, com a sua capacidade autossuficiente e a sua magnífica estética perene.  

 

Terapia de cores

A cromoterapia é uma prática desenvolvida pelos antigos egípcios que utilizavam cores para recuperar e influenciar as emoções. O azul, por exemplo, era usado para curar a dor e a depressão, enquanto o amarelo era um símbolo de juventude e espiritualidade. Tal como os antigos egípcios, também podemos usar as cores para criar um certo ambiente num espaço interior. Por exemplo, a Jessica sugere utilizar tintas com um subtom quente, como uma bonito laranja tostado ou um amarelo pastel. Como alternativa, um azul-pavão pode dar um encanto alegre a um espaço acolhedor. Se puder, procure fornecedores de tinta ecológica, as marca favoritas da Jessica são a LAB e a Little Greene. “Têm uma incrível linha de tons calmantes para uma sensação acolhedora duradoura”, diz. 

 

Simples, mas eficaz: o poder do três

Se está a pensar por onde começar a decorar o seu espaço para criar um ambiente acolhedor e sustentável, então deveria começar a olhar para as peças que já tem. Pode descobrir que com um pouco de conhecimento de decoração, vai aprender a gostar novamente das coisas que já tem e não terá a tentação de comprar coisas de que não necessita. É a essência do Slow Decorating.   

 

A Jessica sugere que o “poder do 3” deve ser sempre aplicado ao design de interiores. “Por exemplo, num sofá, coloque três almofadas num lado e três no outro.” Isto também funciona para uma série de acessórios: três peças combinadas é sempre a opção com mais impacto quando se trata da disposição. Porquê? Bom porque o três é o número mais baixo que cria um padrão no nosso cérebro e além disso, os números ímpares incentivam o cérebro a explorar mais o espaço, pelo que parece imediatamente mais convidativo, a nível visual. Experimente combinar “um livro, uma vela e uma jarra, utilizando o que já tem em casa para criar um espaço perfeitamente equilibrado.”  

   

Introduza elementos vintage ou de segunda mão

O movimento #grannychic refere-se ao revivalismo de tendências antiquadas que são recuperadas nos dias de hoje. A Agência Americana de Proteção Ambiental estima que 9 milhões de peças de mobiliário são anualmente deitadas fora, pelo que faz sentido que os compradores ávidos de móveis optem por modelos de segunda mão. Comprar peças vintage não só está na moda, como também pode ajudar a reduzir o desperdício. 

 

“Sou muito fã de peças vintage”, afirma Jessica. “Quando compra peças vintage intemporais, sabe que poucas pessoas terão o mesmo objeto. Pode começar por pesquisar em sites como Catawiki e ReLiving, bem como a comprar a nível local, na sua loja vintage favorita ou nos mercados de antiguidades.” Como diz a sabedoria popular, aquilo que para uma pessoa é lixo, para outra pode ser um tesouro. 

 

Dê nova vida a uma peça antiga 

Não se deixe desanimar pelas peças que precisam de ser ligeiramente restauradas; restaurar uma peça ou atualizá-la para ir ao encontro do seu estilo pode ser um hobby divertido e consciente. “Uma das minhas coisas favoritas é dar nova vida a peças antigas”, diz Jessica. “Por exemplo, um dos meus clientes herdou uma cadeira, mas o tecido estava fora de moda. Forrámo-la com um tecido novo e contemporâneo e agora encaixa na perfeição com um sentimento especial.” E o que acha de cobrir a superfície de uma mesa com azulejos, substituir as pegas para dar uma nova vida à sua cozinha ou pintar um armário antigo com tinta chalk paint? Há um sem-fim de opções.  

 

Quer um projeto mais pequeno? Também pode tentar encontrar um novo uso para os seus recipientes de velas ou frascos de vidro vazios. Descubra as nossas dicas e truques para reutilizar os nossos produtos Rituals aqui.

 

Monitorize os seus gastos energéticos

Uma dica rápida, fácil e sustentável é ter em atenção a sua iluminação. Um agregado familiar médio poupa cerca de 226  por ano em energia utilizando lâmpadas LED, uma vez que estas consumem 90% menos energia e duram até 20 vezes mais do que as opções tradicionais. Substitua todas as lâmpadas por umas de luz cálida, com uma potência mais reduzida para criar um ambiente mais acolhedor.   

 

Outra forma simples de poupar energia é compor uma série de velas, em vez de depender da luz elétrica em todas as zonas. Opte por uma mistura de estimulantes fragrâncias amadeiradas, como madeira de cedro conhecida por ajudar a acalmar o corpo e a mente e precious amber que ao acender tem um aroma doce, delicado e sensual, ideal para replicar o crepitar de uma lareira.  

 

Use fibras naturais

Jogue com as texturas dos tecidos para criar uma casa acolhedora. A lã é naturalmente hipoalergénica e pode resistir ao desgaste à sujidade, pelo que é uma excelente opção duradoura para o chão, os estofos e até roupa de cama. O linho também é uma boa opção e, embora seja frequentemente associado ao verão, as suas propriedades reguladoras do calor fazem dele o termorregulador natural ideal para ajudar a aquecer a casa no inverno. Experimente combinar lençóis de linho com uma aconchegante manta de lã para um espaço relaxante onde vai querer aninhar-se. Descubra a nossa linha de roupa de cama em linho natural numa série de cores e modelos.