Contagem decrescente para o Natal: guia para evitar o stress das Festas

Descubra o nosso plano para uma contagem decrescente para o Natal, com dicas práticas sobre a melhor forma de se preparar e gerir o seu tempo.

Com a época festiva aí a chegar, é difícil dedicar tempo a si, desfrutar de tranquilidade e estar em sintonia com o momento antes de se enfrentar às enlouquecedoras multidões nos aeroportos, de fugir aos interrogatórios nas reuniões familiares e de ver como os prazos de trabalho do fim do ano se aproximam. Pode ser a época mais alegre, mas também pode aumentar exponencialmente os seus níveis de stress. Tendo consciência das datas críticas e planeando os próximos 100 dias, pode transformar as pequenas tarefas natalícias em momentos com significado em vez de obrigações de última hora.  

 

E como é que isso se faz? Pedimos à life coach Marisa Peer para partilhar connosco as melhores formas de lidar com a, por vezes, caótica contagem decrescente para o Natal sem perder o bem-estar. “O passo mais crucial é estabelecer limites e mantê-los. Um calendário ajuda muito neste aspeto.” Aqui mostramos-lhe como criar um calendário que vai ajudar a gerir o seu tempo e energia, preparando e neutralizando qualquer stress natalício e, mais importante, ajudando a que desfrute da época mais maravilhosa do ano.  

 

100 dias antes: faça os seus planos de viagem 

Bloqueie: 2 horas 

 

Este é o momento em que, com frequência, dá por si a pensar onde passar as Festas, talvez com os seus pais, a sua cara-metade ou com amigos. Estas decisões podem ser um desafio, mas opte pelo que é melhor para si. Ao gerir as expectativas das outras pessoas antecipadamente, vai poder desfrutar do seu Natal com a consciência tranquila.  

 

Reservar viagens com tanta antecedência significa que pode desfrutar de preços mais baixos. Evite viajar nos dias de maior agitação; segundo The Vacationer, deve evitar viajar nos dias 22-24 de dezembro e 26-27 de dezembro. Depois do ano novo, tente evitar regressar a casa no dia 1 ou 2 de janeiro, se possível. Opte por horários fora das horas de ponta para poder desfrutar de uma viagem sem stress.  

 

80 dias antes: prepare as refeições 

Bloqueie: uma manhã ou uma tarde 

  

Comece a preparar as refeições com antecedência. Pode parecer muito cedo, mas se se sentar e planear as refeições que vai fazer durante a época natalícia e os ingredientes de que vai precisar para cada uma, vai evitar muito stress quando chegar o momento. Tudo o que for enlatado ou seco - molhos em conserva, condimentos ou frutos secos - pode ser comprado com antecedência e guardado. Ninguém gosta de ir a correr ao supermercado mesmo antes do grande dia, portanto compre o que puder com tempo.  

 

Pode fazer a base do bolo de Natal em outubro e congelá-la até uns dias antes da consoada. No próprio dia pode aplicar a cobertura.  

 

Quanto à refeição de Natal, se está com falta de ideias e procurar uma refeição de três pratos, o nosso chef Renaud Goigoux do restaurante Rouhi, em Amesterdão, tem um jantar festivo de 3 pratos que vai certamente impressionar os seus convidados.

 

50-60 dias antes: faça as compras 

Bloqueie: 2-3 dias 

 

Algumas pessoas são organizadas e fazem as compras das prendas de Natal ao longo do ano, se não for o seu caso, prepare-se para dedicar bastante tempo a essa tarefa. “Se se vai meter no meio da multidão, faça com que valha a pena! Tente fazer compras durante as horas de menos movimento. Vai fazer as compras duas vezes mais rápido se for um sábado às 8 da manhã, em vez de um domingo à tarde. Se puder, saia do trabalho mais cedo ou contrate um serviço de babysitting para poder passar um dia a fazer compras.  

 

A Marisa prefere fazer as suas compras online. As principais lojas têm envios gratuitos na época do Natal, portanto aproveite! Faça as suas compras de pijama e poupe muito tempo, mas tenha em conta o meio ambiente e guarde papel de seda, caixas e plástico de bolhas para os reutilizar. 

 

Dica top: porque não procura no jardim ou parque local folhas que possa colher com as quais decorar os seus presentes? Pode ser um ramo de azevinho ou também pode secar flores cultivadas em casa para dar um toque pessoal aos seus presentes. 

 

30 dias antes: escreva os seus postais 

Bloqueie: 1-3 horas 

 

Para muitas pessoas, é a tarefa mais monótona. E embora escrever postais de Natal possa parecer um gesto fora de moda, pode ser muito apreciado, uma vez que é uma forma de estabelecer contacto com as pessoas que gostamos. Reserve algum tempo, ponha música, prepare uma bebida e ponha mãos à obra. Tal como escrever um diário, escrever postais de Natal pode ser meditativo.  

 

Dedique tempo a escrever cada postal, diga à pessoa a quem está a escrever porque é que sente gratidão por a ter na sua vida e faça com que cada palavra conte. A sua energia e as palavras carinhosas podem transformar o Natal de alguém. Durante esta época, pense nas pessoas que tem à sua volta. Porque é que não escreve um postal a um vizinho ou a alguém que conhece e que talvez esteja sozinho durante a época natalícia? 

 

Dica top: pergunte qual a última data de funcionamento dos correios na sua zona e aponte-a na sua agenda. Se enviar postais ou presentes para o estrangeiro, vai demorar mais tempo, portanto não se esqueça de tratar de tudo com antecedência. 

 

24 dias antes: pense positivo 

Bloqueie: 20 minutos por dia 

 

Cuidar da sua saúde mental durante este período frenético é essencial. A Marisa recomenda reservar algum tempo para praticar mindfulness através da respiração. Esta técnica fácil ajuda a criar um espaço neutro para evitar ter os mesmos pensamentos de ansiedade uma e outra vez. A respiração quadrada acalma o sistema nervoso, melhora a concentração e ajuda a controlar as respostas emocionais em determinadas situações.” 

 

Passo 1: inspire pelo nariz e conte até 4  

Passo 2: retenha a respiração e conte até 4  

Passo 3: expire pela boca com um som de soprar e conte até 4  

Passo 4: retenha a respiração e conte até 4  

Passo 5: repita a sequência 10 vezes.  
Para lhe dar um toque festivo, imagine inspirar uma luz dourada e expirar uma bruma cinzenta com todos os maus sentimentos. 

 

E lembre-se de que “todos nascemos com uma cheerleader interior, aquela voz dentro da nossa cabeça que, quando éramos bebés, nos incentivava a aprender a falar e a andar, apesar dos inúmeros contratempos. E ainda assim, deixamos que a nossa voz crítica assuma o protagonismo e controle os nossos pensamentos”, afirma Marisa. “Desperte a sua cheerleader interior com uma forma festiva, com um pequeno elfo ou um simpático boneco de neve. De cada vez que for demasiado duro(a) consigo, peça à sua cheerleader interior para lhe dizer que está a fazer o seu melhor e que, na verdade, é uma pessoa maravilhosa!” 

 

7 dias antes: Esqueça tudo para recuperar as energias 

Bloqueie: 10-20 minutos por dia 

  

Estabeleça uma rotina de esquecer tudo cada noite. Faça uma lista de tudo o que tem para fazer, o facto de escrever no papel vai tirar-lhe essas coisas da cabeça. Antes de se deitar, dedique algum tempo a abraçar a calma e a encontrar uma sensação de paz, não se esqueça de desfrutar desse momento de relaxamento, seja a tomar um banho de imersão ou a ler um livro. Como alternativa (ou para além disso!), desfrute de um momento por dia para si com esta meditação em andamento; as palavras com alma combinadas com o ar fresco vão proporcionar uma sensação de rejuvenescimento. 

 

No próprio dia: prepare o ambiente 

Bloqueie: 5 minutos 

  

Os aromas enviam sinais para a parte do cérebro que controla as memórias e as emoções. Muitas vezes subvalorizado, está provado que criar um ambiente sensorial em casa ajuda em caso de depressão, ansiedade e transtorno afetivo sazonal. Além disso, de cada vez que sentir esse aroma, será transportado(a) para as memórias felizes desta época festiva. Perfume a sua casa com os sticks perfumadores e a velavelada linha AMOR de Soulful Rituals. Acenda a vela e coloque-a no centro da sua casa. Vai encher o espaço com o aroma agradável do jasmim e a fragrância doce e delicada da rosa.