O perfume da serenidade: melhorar a meditação com aromaterapia

Criou o espaço de meditação perfeito: as paredes pintadas de um leve e calmo azul claro, a música suave e sonhadora e escolheu a almofada ideal para se sentar. O que falta? Uma fragrância cuidadosamente selecionada para acalmar e relaxar o corpo, a mente e a alma.

 

Não há nada como a meditação para fortalecer a ligação entre corpo e mente. Uma respiração controlada, ser consciente de como o corpo se sente e eliminar as distrações da mente: tudo isto envolve os sentidos e ajuda a estar presente no momento. Mas o segredo mais desconhecido para uma sessão de meditação perfeita é envolver o quinto sentido, o olfato.

 

Os cientistas descobriram que determinados aromas, como o jasmim, o yuzu e a salvia sclarea podem impelir o corpo para relaxar, ajudando a diminuir o ritmo cardíaco em apenas dez minutos. A lavanda é, talvez, o aroma calmante mais célebre: os estudos demonstram que pode ajudar a combater a insónia leve, reduzir a ansiedade e até aliviar a depressão, em determinados casos. Então, não surpreende que envolver o sentido do olfato através da aromaterapia também pode tornar a sua prática de meditação mais eficaz.

 

A serenidade do cheiro

Se medita para conseguir uma sensação de harmonia interior no corpo e na mente, incluir uma fragrância calmante na equação vai aumentar o seu relaxamento. Massajar delicadamente as têmporas com um óleo que contenha lavanda dá à sua prática de meditação uma outra dimensão. Está cientificamente provado que a lavanda desacelera o sistema nervoso simpático, também conhecido como centro do stress. Ao cheirar o aroma, tanto o cérebro como o corpo entram em modo de relaxamento.

 

Se não gosta muito de óleos, as velas perfumadas podem ser uma excelente alternativa. Ao longo dos tempos, esta sempre foi uma forma de as pessoas transmitirem uma sensação de paz. Há uma certa cerimónia no ato de acender uma vela e ver a chama. Enquanto se foca na respiração, também está a absorver uma fragrância relaxante, um sinal para os seus recetores olfativos para abrandar. Afinal, inspirar paz e expirar negatividade é um aspeto importante da meditação.

 

Fragrâncias para ajudar à concentração

Por vezes, a meditação pode ser uma ferramenta útil para aumentar o seu nível de concentração. Imagine que tem um projeto importante no trabalho, portanto antes de ir trabalhar decide meditar.  O​​aroma do eucalipto, intenso e mentolado, é conhecida por apurar os sentidos e deixar-nos mais alerta. Se se rodear dessa fragrância enquanto está a meditar, vai terminar a sua prática com uma sensação de foco e determinação, a postos para enfrentar o projeto.

 

O cheiro tem um enorme impacto nas nossas emoções, mas também desperta o cérebro e o corpo para a ação. Da próxima vez que estiver no seu espaço de meditação, não se esqueça da fragrância.