Essenciais com SPF: tudo o que deve saber sobre proteção solar

Todos adoramos o verão e a sensação do sol na pele, mas não devemos confundir essa agradável sensação de calor com algo inofensivo. A verdade é que é possível desenvolver cancro de pele por apanhar apenas um escaldão. Se apanhar escaldões uma vez de dois em dois anos, o risco de ter melanoma (a forma mais perigosa de cancro da pele) triplica. Para além destas estatísticas alarmantes, a exposição aos raios UV do sol também provoca alterações na pigmentação e perda de elasticidade e colagénio, provocando o envelhecimento prematuro da pele.

 

Embora possa pensar que sabe bastante acerca de proteção solar, a verdade é que há por aí alguns rumores perigosos. Este verão, quer tenha planos de fazer praia ou simplesmente de dar passeios ao sol à hora do almoço, preste atenção a estas sete ideias erradas bastante comuns. 

 

1. Desde que a pele não fique vermelha com o sol, está tudo bem.

Na verdade, o bronzeado ocorre quando os raios UV penetram na pele e danificam as células do pigmento. Não confunda isso com uma cor saudável; o bronzeado é, na verdade, uma prova de que a sua pele ficou danificada. Pode reduzir os efeitos utilizando um protetor solar de proteção elevada, ou uma loção autobronzeadora para conseguir um tom bronzeado sem riscos. 

 

2. Sobrou-lhe protetor solar das férias do ano passado? Não o desperdice.

Todos os cosméticos têm uma data de validade e o mesmo é válido para os produtos de proteção solar. Na parte de trás da embalagem, procure um símbolo que parece um boião aberto com um número. Esse número indica o número de meses que pode utilizar o produto depois de aberto; passado esse tempo, as propriedades protetoras da fórmula diminuem significativamente.  

 

3. Aplicar protetor solar uma vez vai proteger-me o dia inteiro.

Não importa o SPF que utiliza, deve aplicar novamente o protetor solar ao longo do dia. Quer estejamos a nadar, a transpirar ou simplesmente a relaxar, os ingredientes ativos da proteção solar decaem. Precisam de ser renovados regularmente. 

 

4. Não há sol? Não há problema!

Este mito é particularmente perigoso porque a maioria das pessoas não se lembra de pôr protetor solar nos dias encobertos. No entanto, a radiação UV pode penetrar através das nuvens finas, deixando-nos expostos ao perigo sem sequer sentirmos o calor do sol. Em determinados casos, os raios UV podem até ser refletidos pelas nuvens, intensificando a sua força.  

 

5. Só as pessoas com a pele clara é que têm de se preocupar com as queimaduras solares.

Embora seja verdade que a pele mais escura não se queima tão rapidamente como a pele mais clara, pode ficar queimada na mesma, sofrer danos e desenvolver cancro, sem a proteção adequada. O mesmo se aplica às pessoas que acham que o seu “bronzeado de base” significa que não precisam de usar proteção solar. Atualmente, um ligeiro bronzeado pode ser equiparável a uma proteção SPF 4, que está longe de ser suficiente. 

 

6. À sombra não se queima.

Quando o sol abrasa, refugiarmo-nos debaixo do chapéu-de-sol ou de uma árvore pode parecer um refúgio divinal. Mas não fique demasiado confiante. Será que se protege melhor do sol? Sim, mas não completamente. Se o elemento que lhe dá sombra tiver orifícios ou brechas (como uma árvore ou um chapéu-de-sol, então os raios UV podem infiltrar-se. As superfícies claras, como a areia, o cimento ou a água também refletem os raios solares, o que significa que pode correr riscos nesses espaços de sombra. 

 

7. A minha maquilhagem tem SPF, portanto tenho proteção.

Alguns estudos demonstram que quando o SPF se mistura com maquilhagem ou hidratantes torna-se menos eficaz. Portanto quando estiver à procura de proteção solar para o rosto, não confie demasiado na sua base de maquilhagem com SPF 15, o melhor é procurar o termo “amplo espetro”. Isto significa que estará protegido(a) dos raios UVA e UVB (que alguns cremes com SPF elevado não têm). 

 

Conclusão: se tiver dúvidas, utilize sempre creme solar. A gama de proteção solar de The Ritual of Karma foi especialmente desenvolvida para proteger a pele dos raios prejudiciais. Desde creme de rosto com SPF a loção after-sun refrescante, as nossas fórmulas não pegajosas e de absorção rápida também deixam a sua pele extraordinariamente perfumada.   

Amy Lawrenson

Amy Lawrenson

Amy Lawrenson é editora de beleza do Reino Unido, com mais de 13 anos de experiência a escrever para revistas e sites, incluindo ELLE, Grazia, Women's Health e Byrdie. Ela tem um grande interesse em todas as coisas sobre beleza e bem-estar, especialmente cuidados de rosto porque quem não quer uma pele radiante?