Dia 3 - Como ser feliz todos os dias

Hoje, o Mo fala sobre o impacto da negatividade no mundo e como, introduzindo pequenos hábitos, podemos ser mais felizes; além disso, descobrirá como criar um dia positivo.

 

Dia 3 Artigo: As dicas de Mo Gawdat para criar um dia positivo 

Estes passos simples vão conferir alegria ao seu dia desde o momento em que se levanta até à hora de deitar. 

 

Conheça-se primeiro 

“Em vez de a primeira coisa que faz de manhã ser pegar no telefone, utilize esses momentos para se conhecer. Ouça os seus pensamentos e preocupações e faça uma análise do seu corpo, apercebendo-se de como sente o seu corpo a nível físico e se tem alguma dor”, aconselha Mo Gawdat.  

 

Faça alongamentos 

“Quando se levantar, dedique algum tempo a fazer alongamentos. Não é bom só para o corpo, aproveite esse tempo também para alongar a sua mente, refletindo sobre o dia que tem pela frente e sobre as coisas que tem de fazer.” 

 

Café consciente 

“Prepare o seu café matinal com calma. Desfrute de cada passo e do processo de o preparar da melhor forma possível. Beba-o lentamente e desfrute da serenidade e da calma.” 

 

Aponte momentos importantes na agenda 

“Antes de mergulhar de cabeça no seu dia, verifique a sua agenda. Certifique-se de que dedicou tempo, pelo menos uma vez por semana, a coisas que importam e que lhe proporcionam felicidade, como pôr a conversa em dia com um amigo durante um almoço. Aponte-as na agenda tal como faria se fosse uma reunião de trabalho. Dê à sua felicidade a mesma prioridade que dá à produtividade.” 

 

Pequenos momentos de compaixão 

“Por vezes, os momentos mais pequenos e inconsequentes são aqueles que podem proporcionar alegria às outras pessoas. Segure a porta a alguém, sorria a alguém no supermercado… Quando difundimos a nossa positividade, o mundo torna-se um lugar melhor.” 

 

Faça as coisas de forma feliz 

“Há uma forma formal de fazer as coisas e há uma forma feliz. Portanto faça o que puder de forma a sentir-se feliz. Talvez a reunião que tem possa ser feita ao ar livre, ao sol, faça uma pausa para almoçar em condições, longe da sua secretária ou fale e estabeleça laços com a pessoa que prepara o seu café, em vez de simplesmente o pedir.”  

 

Evite as más notícias 

Para acabar o dia sentindo-me feliz, opto por fazer algo que me faz sentir otimista. Para mim, isso é ver o meu humorista favorito, Michael McIntyre. Mas pode ser passar tempo com a sua cara-metade, os seus filhos, os seus animais de estimação; termine o dia de forma a sentir-se feliz. 

 

Pratique a gratidão 

“Antes de deitar é um bom momento para refletir sobre o dia que tivemos e fazer uma lista dos melhores momentos num diário de gratidão. Mesmo as pequenas coisas podem ter um enorme impacto em como nos sentimos. Também é uma ferramenta útil para aqueles dias em que não nos sentimos muito bem. Folheie as páginas anteriores e relembre-se de coisas que lhe proporcionaram alegria no passado.” 

 

Dia 3 Tarefa: Comece uma lista de coisas positivas 

Há uns dias começou a fazer o seu diário da gratidão. Agora está na altura de introduzir um novo elemento: uma lista de coisas positivas. No fim de cada dia, aponte algo negativo que lhe aconteceu ou que tem andado a incomodá-lo(a). Depois de refletir um momento sobre esse sentimento, desafie-se a encontrar algo positivo relacionado com ele. “Gostamos de comida chinesa porque combina os sabores doces com os ácidos. O mesmo acontece na vida: temos de ser capazes de encontrar gratidão nas coisas negativas para poder desfrutar do positivo”, explica Mo Gawdat, embaixador da Rituals. Por exemplo, se o seu comboio chegou tarde outra vez, procure os benefícios da sua viagem para o trabalho. Talvez seja não ter de ir a pé ao trabalho com chuva, poder descobrir novos podcasts ou ter tempo para ler o seu livro. 

 

Clique aqui para ver o dia quatro, onde o Mo revela os perigos a evitar relativamente à tecnologia, bem como as alterações que pode fazer para atingir o otimismo.